Notícias Gospel (neste email contem: 14 novas notícias)

Filed under: by:

Notícias Gospel (neste email contem: 14 novas notícias)

Link to guiame.com.br's news

Crucificação, tortura e abuso sexual: o custo de ser cristão sob domínio do Estado Islâmico

Posted: 22 Nov 2016 05:09 AM PST

Crucificação, tortura e abuso sexual: o custo de ser cristão sob domínio do Estado Islâmico

Depois que o grupo extremista Estado Islâmico tomou o controle do território iraquiano, em 2014, e a resistência do Iraque entrou em colapso, os cristãos foram informados que deveriam sair da região, a não ser que eles se convertessem ao Islã ou pagassem um imposto especial. A maioria fugiu, mas de acordo com os testemunhos dos refugiados na Jordânia, aqueles que foram deixados para trás tiveram de se submeter à tortura, conversão forçada, escravidão sexual e até mesmo a crucificação.

O “World Watch Monitor” conta a história de Karlus, um cozinheiro de 29 anos que não conseguiu deixar sua casa em Batnaya, uma aldeia fora de Mosul, porque ele tinha que cuidar de seu pai com deficiência. Quando os terroristas chegaram a sua casa, destruíram uma cruz e uma foto de Jesus.

Ele foi levado para uma delegacia de polícia e ficou lá por sete semanas. Os jihadistas retaliaram seu rosto. Durante sua detenção, ele ficou pendurado no teto por uma corda anexada ao seu pé esquerdo. Ele foi espancado e chutado. Também esfregavam sal em suas feridas. Ele diz que também foi abusado sexualmente por três mulheres.

Karlus foi informado de que ele seria morto a tiros, mas no dia em que sua execução deveria acontecer, ele foi libertado. Ele fugiu para o Curdistão, foi tratado na Espanha e procurou asilo na Jordânia.

O cozinheiro Karlus, de 29 anos, foi preso e torturdo pelo Estado Islâmico. (Foto: ADF International).

Outros relatos

Outra vítima cristã do Estado Islâmico foi Esam, pai de três filhos. Ele disse que dois parentes de sua esposa não conseguiram fugir antes que os extremistas chegassem e foram raptados. O marido não foi mais visto desde então e a esposa "vive forçada com um dos líderes do EI".

Relatos têm surgido de milhares de mulheres Yazidi sendo levadas para a escravidão sexual, depois que o grupo extremista invadiu a região de Sinjar em agosto de 2014. Mas o relato de Esam sugere que mulheres e meninas cristãs também foram alvo dos abusos.

"Ouvimos falar de 12 meninas cristãs que estão com os líderes do EI", disse ele. "Nosso bispo disse às pessoas para não informarem que elas perderam suas filhas, porque isso é uma vergonha para a família", pontuou.

Apesar dos progressos realizados contra o Estado Islâmico, em Mosul e sua inevitável recaptura, muitos refugiados estão muito traumatizados para contemplar o retorno à região. Aqueles que podem ter pedido de asilo nos países ocidentais, entre eles a família do cunhado de Esam, estão se recuperando na Suécia.

“O irmão de minha mulher foi crucificado pelo EI”, disse Esam. "Ele foi crucificado e torturado na frente de sua esposa e filhos, que foram obrigados a assistir e disseram que se ele amasse a Jesus, ele morreria como Jesus".

Esam disse que os combatentes torturaram seu parente por cinco horas, cortando seu estômago e deixando ele aberto. Depois o penduraram numa cruz.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Policiais louvam a Deus após morte de PMs no Rio e vídeo viraliza nas redes sociais

Posted: 22 Nov 2016 04:38 AM PST

Policiais louvam a Deus após morte de PMs no Rio e vídeo viraliza nas redes sociais

Policiais se reuniram abraçados para louvar a Deus, mesmo diante da tragédia que marcou o Rio de Janeiro no último sábado (19). A queda de um helicóptero do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar nos arredores da Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio, terminou com a morte de quatro policiais militares.

O vídeo que registra o momento de adoração foi publicado no domingo (20) pelo Primeiro Tenente na Polícia Militar do Estado de São Paulo, Guilherme Derrite.

"Diante de tantas perdas, nossos guerreiros da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) encontraram na música e louvor a Deus a força para continuarem na caminhada", disse o tenente ao publicar o vídeo em sua página no Facebook.

As imagens mostram policiais abraçados, formando um círculo. Juntos e com notável afinação, eles cantam a música "Descansarei", versão em português da canção "Still", do pastor de adoração da Hillsong Church, Reuben Morgan. O vídeo já registrou mais de 2,3 milhões de visualizações.

Confronto

Segundo informações do Posto de Policiamento Comunitário da Cidade de Deus, a aeronave atingida dava apoio a uma operação policial realizada na região para tentar pôr fim a um confronto entre criminosos.

Ainda não se sabe se o helicóptero sofreu uma pane ou foi atingido por traficantes. Embora a queda tenha ocorrido em meio a uma troca de tiros entre policiais e criminosos, a principal hipótese é que a aeronave tenha sofrido uma pane. Segundo o Instituto Médico-Legal, os policiais morreram devido à queda e não foram atingidos por nenhum disparo.

O acidente resultou na morte do major Rogério Melo Costa, 36, do capitão William de Freitas Schorcht, 37, do subtenente Camilo Barbosa Carvalho, 39, e do sargento Rogério Felix Rainha, 39.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Nick Vujicic evangeliza em mais de 600 presídios nos EUA: "Sejam livres em Jesus Cristo"

Posted: 22 Nov 2016 04:04 AM PST

Nick Vujicic evangeliza em mais de 600 presídios nos EUA: "Sejam livres em Jesus Cristo"

Conhecido mundialmente por seu testemunho impactante de superação sobre as deficiências físicas, Nick Vujicic está evangelizando também nos presídios estaduais dos EUA. Cerca de 601 prisões norte-americanas devem receber o renomado pregador para ouvir sua mensagem.

"Deus está usando a história de Nick sobre sua esperança e confiança em Jesus para alcançar aqueles que estão presos. A organização 'Life Without Limbs' ('Vida Sem Limites') está divulgando um vídeo para as penitenciárias, que pode ser usado ​​por capelães e voluntários durante os estudos bíblicos Atualmente temos 601 presídios de 21 estados inscritos. Ore pelos oito estados que mostraram interesse, enquanto aguardamos suas respostas. Deus é muito bom", escreveu a equipe do ministério de Vujicic em uma mensagem postada na página do Facebook do evangelista na segunda-feira.

Vujicic tem levado mensagens inspiradoras, focadas na mensagem de esperança em Deus a todo o mundo, diante de públicos diferentes e também tem pregado a muitos presidiários.


Liberdade verdadeira
Falando aos detentos da 'Telford Unit Prison', em New Boston, Texas, no início deste ano, Vujicic diz à audiência que ele entende que alguns podem já não aguentar mais pessoas que lhes tragam "mensagens positivas", se vierem de pessoas que não compartilham sua situação em vida.

"As pessoas podem entrar aqui e dizer 'bem, apenas seja positivo'. É fácil para você, porque você vai voltar daqui para casa e eu não posso ir para casa", disse Vujicic, refletindo sobre o que alguns prisioneiros podem pensar diante de palestras e pregações.

O evangelista insistiu, no entanto, que "há esperança além do que você consegue ver".

"Eu estou diante de vocês, sem braços e sem pernas. Eu lhes digo que não sou absolutamente incapacitado e quero que vocês saibam que só porque vocês estão atrás das grades, também não significa que não possam ser livres em Jesus Cristo", disse ele.

Vujicic também relatou uma história de um prisioneiro perigoso que ele conheceu em outra penitenciária, que lhe disse que ele era livre porque acreditava em Jesus Cristo, enquanto muitos guardas da prisão - que podiam ir para casa todos os dias, ficar com suas famílias - não eram realmente livres, porque não compreendiam a vida eterna.


Evangelismo na Europa
Em outubro, Vujicic falou sobre sua recente turnê europeia, onde milhares de pessoas que ele ministrou vieram a Cristo, e durante esse tempo ele chegou a conhecer chefes de Estado.

"Ontem à noite foi incrível, 60% das 5.000 pessoas no auditório levantaram-se para receber o Senhor Jesus Cristo. Eu estou aqui na TV nacional para fazer uma recapitulação e daqui vamos falar ao Parlamento, o governo nacional da Ucrânia", disse ele em uma de suas atualizações no Facebook, na época.

"Acabei de terminar uma reunião com o presidente da Eslovênia. Foi um incentivo maravilhoso e um tempo enriquecedor. Amanhã vou falar aos estudantes aqui na Eslovênia. Por favor, ore por nós e obrigado pelo seu amor, orações e apoio", acrescentou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Dia da Mulher Cristã Evangélica é aprovado por Geraldo Alckmin, em São Paulo

Posted: 22 Nov 2016 02:47 AM PST

Dia da Mulher Cristã Evangélica é aprovado por Geraldo Alckmin, em São Paulo

O governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), aprovou a oficialização do Dia da Mulher Cristã Evangélica. A decisão foi comunicada no Diário Oficial do Estado do último sábado (19). A data será comemorada no dia 28 de março.

O projeto de lei foi proposto pelo deputado estadual Adilson Rossi (PSB), que afirmou que "as mulheres cristãs têm um papel muito importante na Família, na Igreja e na sociedade, e temos que valorizar".

O parlamentar também destacou que "no começo do século 20, a mulher era ainda considerada, muitas vezes, como intelectualmente inferior, como incapaz de assumir responsabilidades cívicas, devendo, por isso estar sujeita à tutela familiar do homem".

"[Hoje], a influência da mulher em todas as esferas da sociedade tem aumentado. Podemos constatar esse fato através da presença das mulheres em muitos lugares onde até há bem poucos anos era impensável", acrescentou.


Proposta vetada
Há cerca de seis meses, foi proposto na Câmara Municipal de São Paulo, o Dia de Combate à Cristofobia, mas o prefeito Fernando Haddad vetou o projeto.

De autoria do vereador Eduardo Tuma (PSDB), o projeto defendia a criação da data para garantir a liberdade de expressão dos cristãos.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Bolo de Fubá da fazenda

Posted: 22 Nov 2016 02:40 AM PST

Bolo de Fubá da fazenda

Ingredientes

4 ovos
3 colheres de sopa de margarina
2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de fubá
1 xícara de leite
2 xícaras de açúcar
1 colher de sopa de fermento em pó
1 colher de chá de erva doce

Modo de Preparo:

Bater tudo na batedeira, incorporar o fermento por último e misturar com a erva doce.

Despejar em forma untada e enfarinhada e assar em forno previamente aquecido por 30 minutos.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

8 dicas para não exagerar nas confraternizações de fim de ano

Posted: 22 Nov 2016 02:34 AM PST

8 dicas para não exagerar nas confraternizações de fim de ano

Na reta final do ano, as agendas dos finais de semana e pós horário comercial ficam cheias de eventos: confraternizações, amigo secreto e encontros familiares. O grande desafio para aqueles que buscam uma vida saudável é comemorar sem afetar a dieta.

Para te ajudar a não enfiar o pé na jaca, a nutricionista Ana Poletto, que atua em Genômica Nutricional na Nutrição Individualizada, lista oito dicas para aproveitar as comemorações sem carregar a culpa no dia seguinte:

Se alimente antes de ir a um evento. Isto te ajuda a ficar distante das tentações alimentares.

Fuja das frituras. Dê preferência às opções assadas. Além de mais saudáveis, os petiscos assados, em sua maioria, são menos calóricos. (Por exemplo, uma coxinha média de frango tem 335 kcal, enquanto uma esfiha de carne média tem 203 kcal.)

Sempre opte por peixes e frango. As carnes brancas possuem menor teor de “gorduras ruins” quando comparadas à carne vermelha, ou seja, nos trazem mais benefícios. Neste caso, evite também as frituras. Escolha as versões grelhadas, cruas e assadas.

Diante da tábua de frios, prefira os queijos mais magros. Se possível, para ficar mais saboroso e saudável, regue-o com azeite de oliva extra virgem e polvilhe ervas naturais desidratadas como tomilho e orégano.

Cuidado com o excesso de bebidas alcoólicas. Independente do teor calórico, é importante lembrar que a ingestão de álcool não deve fazer parte de uma dieta saudável, visto que este componente altera muito a função do fígado

Evite molhos prontos. Dentre eles estão ketchup, mostarda, molho inglês, shoyu. Além de sódio, a maioria possui açúcar.

Consuma oleaginosas sem sal. Você pode ingerir castanha-do-pará, avelã, amêndoas, noz pecã e castanha-de-caju, mas sempre com moderação. Embora ricos em nutrientes, estes alimentos apresentam elevado teor calórico quando consumidos em grande quantidade.

Escolha as frutas secas. quando o assunto é doce, as frutas secas como damasco, uva passa, cranberry são ótimas opções.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Justo González lança novo livro no Brasil: “Quando Cristo Vive em Nós”

Posted: 21 Nov 2016 12:47 PM PST

Justo González lança novo livro no Brasil:

O autor cristão Justo González, bacharel em teologia pelo Seminário Evangélico de Matanzas (Cuba), lança no Brasil o livro “Quando Cristo Vive em Nós”, pela Editora Hagnos. A obra estuda a jornada de Jesus e vê como Ele chama os leitores a ministrarem e, até mesmo, modelarem o ministério e a vida.

Mas, não se trata apenas de uma questão de imitar Jesus. Significa muito mais sondar as profundezas do que estar em Cristo, de ser transformado por Ele e de tê-lo formado e vivendo em cada um.

Na epístola aos Gálatas, o apóstolo Paulo diz: “e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim”. De maneira geral, essas palavras podem ser entendidas como sinal de orgulho de Paulo pela grandiosidade de sua fé. Contudo, o que ele está dizendo nesse texto é que todo crente, pelo fato de ser crente, de certa forma já não vive, mas Cristo é quem vive nele.

Na mesma epístola, Paulo diz que está “sofrendo dores como de parto até que Cristo seja formado em vós” (Gl 4.19).

O livro “Quando Cristo Vive em Nós” é um convite à meditação sobre a vida cristã e como ela deve manifestar-se no dia a dia dos seguidores de Deus. Este Cristo que vive em todos, e que transforma as vidas em sua totalidade.

Sobre o autor

Justo González é bacharel em teologia pelo Seminário Evangélico de Matanzas, em Cuba, e doutor em filosofia pela Universidade de Yale, nos Estados Unidos. É casado com a professora de História, Catherine Gunsalus González, e mora em Atlanta, Georgia, Estados Unidos, onde se dedica ao ensino, pesquisa ao ensino, pesquisa e produção de livros.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Psicóloga cristã fala sobre pais que premiam filhos: "Pode virar manipulação"

Posted: 21 Nov 2016 12:22 PM PST

Psicóloga cristã fala sobre pais que premiam filhos: "Pode virar manipulação"

Muitos pais, para incentivar seus filhos a fazerem sempre o correto, usam presentes como uma “moeda de troca”. Será que essa prática é saudável para a criação dos pequeninos? De acordo com a psicóloga cristã Kelly Matos, a premiação pode ser prejudicial. Em entrevista para o programa Sempre Feliz, da emissora cristã Rede Super, a profissional ressaltou que essa prática pode causar um mal maior.

“A premiação tem dois viés ai. Quando se torna uma moeda de troca, quando aquilo que eu quero, meu objetivo, então eu acabo não verificando o que está acontecendo com aquela criança. Eu quero o resultado final e essa premiação acaba virando isso”, explica Kelly.

“Eu quero aquele resultado, então eu premio aquela criança e eu tenho aquele ganho que vai contornar, às vezes, algum problema que tem que ser verificado lá no início. Porque se a criança não está fazendo alguma coisa, se a gente não investigar de uma maneira mais profunda, a gente resolve aquilo de uma maneira muito superficial e essa premiação vira uma manipulação e inverte os valoras da família”, alertou.

“Crianças são bem inteligentes e sabem discriminar cada adulto. [Ela sabe] quando ela pode e até onde ir também. Então, se ela percebe que essa premiação sempre vai vir, ela vai estar ali só mostrando para aquele pai, mãe, responsável de uma maneira superficial. O familiar acaba não tratando daquela questão. Porque ela não está fazendo aquilo? Porque ela não gosta de se aplicar nas questões a escola?”, questionou.

Dialogar é preciso

Kelly ressalta que a melhor forma de lidar com a criança é dialogando com ela. “Se esse pai começa a ter um diálogo, começa a observar do início, o que está acontecendo, às vezes pode ser uma questão que está acontecendo na escola”, comentou. A psicóloga ainda exemplifica. “A criança não quer ir para a escola. ‘Se você for para a escola e fazer o dever de casa, você vai ganhar isso.’ [Desse jeito], você não vai estar averiguando o que está acontecendo desde o início”, disse.

Já, Carla Aguiar, que é líder do ministério Escola de Pais da Igreja Batista da Lagoinha (MG), acredita que é preciso estudar melhor a questão da premiação, por ela pode ser perigosa. “Eu vejo assim, a gente precisa entender um pouco sobre a premiação. Existem teorias que falam sobre isso. Que a punição tente a eliminar comportamentos que eu considero que não são saudáveis e a premiação tente a estimular aqueles comportamentos que são positivos, que eu quero que o meu filho tenha. O grande problema é quando os pais, ao reestabelecer um relacionamento com seus filhos, eles coloquem que sempre eles vão ganhar um premio ao ter uma atitude”, pontuou.

“Um aluno que estuda, tira uma nota boa. Um aluno que não estuda tira uma nota ruim. O que é a nota? É um sistema de premiação. Então, a premiação não precisa estar ligada ao material. Poder ser um elogio, um ‘parabéns’, um 'olha que legal'. Quando ela é danosa? Quando você diz: 'Se você fizer isso, você vai ganhar aquilo'. Condicionar o comportamento a isso, quando aquela criança tem aquela atitude que você já deu um ensinamento, já acompanhou aquela criança e instruiu e ai ela faz aquele comportamento e você diz um ‘parabéns’, isso é um estímulo. Ao fazer, ela recebeu. Então é diferente”, explicou.

Confira a entrevista na íntegra:

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Dicas para se livrar da recuperação final

Posted: 21 Nov 2016 11:05 AM PST

Dicas para se livrar da recuperação final

Quanto mais o ano se aproxima do fim, mais aumenta a preocupação dos alunos com as notas — principalmente aqueles que correm o risco de fazer as temidas provas de recuperação final.

Embora já estejamos no último bimestre letivo do ano, especialistas ressaltam que seja qual for a situação do boletim escolar até o momento, não é hora de desistir.

"A boa notícia é que mudanças simples na rotina são capazes de produzir um alto impacto na capacidade de aprender, assimilar a aplicar os conhecimentos no momento das provas", disseram ao UOL Taís e Roberta Bento, fundadoras do projeto 'Socorro, meu filho não estuda'.

No entanto, elas avisam: como não existem milagres em termos de aprendizagem, um esforço extra será necessário para toda a família, que deve estar envolvida em todos os passos desse processo. Confira 5 estratégias para fugir da recuperação final:

1. Prepare um plano de estudos

"É muito importante que o aluno tenha uma rotina de estudos, que ele compreenda que se ele estudar um pouquinho a cada dia vai aprender mais e melhor", afirma Adilson Garcia, diretor do Ensino Fundamental II e Médio do Colégio Vértice.

Roberta e Taís reforçam que, na organização dessa rotina, é importante detalhar os horários de estudo dedicados para cada matéria, já que o cérebro fica preparado para se concentrar quando sentamos para estudar no mesmo horário todos os dias.

2. Refaça exercícios e provas

Estudar apenas lendo a matéria ou grifando textos pode levar a uma armadilha conhecida como ilusão de aprendizagem, afirmam Taís e Roberta. "Isso significa que somos capazes de ler um texto enquanto pensamos em outros assuntos, o que resulta em zero aprendizado ao final da leitura", explicam.

Para garantir um bom rendimento do tempo de estudo, o caminho é refazer exercícios e provas. Como essa atividade envolve outros sentidos além da visão, o aprendizado acaba sendo maior.

"Sempre é importante fazer exercícios — não só de matemática, mas também de filosofia, geografia, história, química. O aluno deve fazer os exercícios programados e depois ver se a resposta que colocou está correta. Para isso, ele pode ir até o professor ou conferir com os próprios colegas", ressalta o professor Adilson.

3. Faça fichas de dificuldade

Outra boa tática é a construção de fichas de dificuldade, que podem ser feitas pelo próprio aluno, sozinho, ou com o auxílio de um professor. Elas devem ter pequenos resumos e exercícios programados dos conteúdos em que o estudante apresentou mais dificuldade.

"Em matemática, por exemplo, vamos supor que dentro da geometria o aluno esteja trabalhando com ângulos. Nessa ficha vão existir alguns tópicos com informações básicas do conteúdo, como a soma dos ângulos internos de um triângulo deve ser 180º", explica o professor Adilson.

Em uma leitura rápida, o aluno deve acertar todos os tópicos listados para então partir para os exercícios, que podem ser organizados por nível de dificuldade.

"Essas fichas podem servir como um livro individualizado para cada aluno, porque vão refletir as dificuldades que ele teve e que não vão ser as mesmas de outro estudante", conta.

4. Procure dormir bem

Nada de virar madrugadas estudando: ter uma boa noite de sono é fundamental para que o cérebro armazene e organize o conteúdo que aprendemos ao longo do dia, lembram Taís e Roberta.

"Ao dormir menos, acabamos acordando com o cérebro ainda povoado de toxinas que precisariam de mais tempo para serem eliminadas. Por isso, não há tempo para que o processo de assimilação de conteúdos seja completado", explicam.

5. Mantenha uma atividade física

Roberta e Taís lembram que, além de ser um bom escape para o estresse, a atividade física tem um forte impacto positivo em nossa capacidade de aprender. Por isso, mesmo com a correria e a pressão por melhores notas neste reta final do ano letivo, não é bom deixar as atividades físicas de lado.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Cantora diz que tatuagem de Jesus ajudou a superar depressão: “Queria olhar para Ele”

Posted: 21 Nov 2016 10:41 AM PST

Cantora diz que tatuagem de Jesus ajudou a superar depressão:

Embora a tatuagem seja um tema polêmico entre os cristãos, a cantora americana Monica Brown conta que a figura de Jesus tatuada em seu braço fortaleceu sua fé durante o período de depressão.

A mãe da cantora de 36 anos foi uma das pessoas que, na época, se opôs à tatuagem. "Minha mãe disse: 'Você conhece a Jesus, você não precisa olhar para Ele todos os dias', ela revelou no talk show americano The Real.

"Mas eu queria olhar para Ele todos os dias, porque houve um tempo em que eu acordava e eu nem sequer sabia porque meus olhos estavam abrindo. Eu apenas pensava: 'me deixe voltar a dormir, sentir a dor e ir embora'", ela lembrou.

Durante o período de depressão, Monica disse que sua tatuagem a lembrava de sua fé cristã. "Eu gostava de olhar para os meus braços, mesmo quando eu tomava banho e gostava de ter esta força que eu não podia explicar para outras pessoas", disse ela. "Eu vestia minha tatuagem com orgulho naquele momento".

Além da cantora, a apresentadora do programa, Loni Love, citou Levítico 19:28 como uma das razões pela qual muitos cristãos se opõem as tatuagens. "Não façam cortes em seus corpos por causa dos mortos, nem tatuagem em si mesmos", diz o trecho bíblico.

Loni defendeu a decisão de Monica diante do que dizem as Escrituras. "Muitas pessoas religiosas olham Levítico e ficam dividas porque… com base nos meus estudos da Bíblia, a interpretação real dessa frase fala sobre os rituais dos mortos. Então, isso era isso o que significava", disse ela. "Os tempos mudam. Assim como os tempos mudam, as pessoas e as coisas que acontecem realmente mudam".

"Portanto, antes de julgar alguém por causa de algo que tenha em seu corpo, você deve perguntar o que isso significa para ele", disse Loni. "Talvez você possa compreendê-lo um pouco mais".

Monica não é a única artista cristã que representa com orgulho sua fé através de uma tatuagem. A cantora americana Sadie Robertson, de 19 anos, revelou nas mídias sociais  o significado da tatuagem em seu braço com as palavras "sem medo".

"Eu entendo perfeitamente que as tatuagens não são para todos", disse Sadie antes de explicar que ela fez sua tatuagem após um período de batalha contra a ansiedade. "Eu não fiz para ser ‘bacana’. Eu fiz para poder sempre lembrar que eu posso viver sem medo, em nome de Jesus".

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Dez mil marcham em apoio a governador cristão acusado de blasfêmia, na Indonésia

Posted: 21 Nov 2016 10:17 AM PST

Dez mil marcham em apoio a governador cristão acusado de blasfêmia, na Indonésia

Milhares de pessoas marcharam em protesto, na Indonésia, depois que a polícia disse que iria investigar uma queixa de blasfêmia contra o governador cristão de Jacarta, capital do país. Basuki Tjahaja Purnama, mais conhecido como Ahok, é um cristão chinês que foi acusado de blasfemar contra os muçulmanos.

Mais de 10 mil manifestantes foram às ruas para pedir tolerância contra a exigência dos muçulmanos extremistas, que por sua vez, pedem que o governador seja processado por blasfêmia. A imprensa em Jacarta informou que o chefe da polícia, Tito Karnavian, considerou ser uma decisão longa e difícil.

A Indonésia é um Estado laico, mas tem o maior número de muçulmanos que qualquer outro país do mundo, mais de 200 milhões. Quase todos são sunitas. A blasfêmia é considerada uma ofensa criminal e dezenas de pessoas foram condenadas na última década. Além disso, alguns enviados para a prisão pegaram pena de até cinco anos.

Os muçulmanos de linha extremista, na Indonésia, denunciaram Ahok pela primeira vez no dia 6 de outubro, por suposta blasfêmia. "A polícia está preparando um arquivo para o promotor e a corte", disse Karnavian.

E já houve forte movimento. Em um protesto no início deste mês, mais de 100 mil muçulmanos saíram às ruas, levando a morte de uma pessoa e dezenas de feridos. Ahok, que não foi preso, mas proibido de deixar a Indonésia, deve ser reeleito em fevereiro de 2017.

Ahok é um reformador social que reprimiu a corrupção e pronunciou um discurso em setembro, quando acusou seus rivais de usarem o Alcorão para enganar os eleitores. Este discurso foi publicado na internet, mas suas palavras foram editadas para fazer parecer que ele estava diretamente criticando o livro sagrado islâmico. A Frente de Defensores Islâmicos, um grupo de linha extremista que faz campanha pela lei da Sharia, exigiu sua prisão.

Ahok disse aos jornalistas: "Eu aceito o status de suspeito e acredito no profissionalismo da polícia. Este não é apenas um caso sobre mim, mas sobre a determinação da direção que este país está entrando".

Johan Budi, porta-voz do presidente, Joko Widodo, disse que a decisão policial deve ser respeitada. Ele disse: "Desde o início, o presidente disse que não iria intervir".

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Mulher evangeliza crianças após ser impactada pela Bíblia, no Congo: “Minha vida mudou”

Posted: 21 Nov 2016 07:21 AM PST

Mulher evangeliza crianças após ser impactada pela Bíblia, no Congo:

Jesus contou uma história sobre um viajante que foi assaltado e que estava caído no chão. Ele foi ajudado por alguém de uma comunidade hostil à do homem ferido. Essa é a parábola do “Bom Samaritano”, que continua impactando vidas como da congolesa Sylvie, de 40 anos.

Embora Sylvie seja cristã há muito tempo, ela só se apaixonou pela Bíblia quando passou a ensinar a passagem do “O Bom Samaritano” para as crianças de sua igreja, como parte do programa da Sociedade Bíblica do Congo.

Tendo vivido em um país devastado pela guerra durante toda a sua vida, ela estava acostumada a desconfiar das pessoas. Se ela visse um vizinho na rua e ele não a cumprimentasse, ela ficava rancorosa e parava de falar com ele.

Mas ao ver as crianças aprendendo a história de um viajante que foi espancado por bandidos, ignorado pelas pessoas que deveriam ajudá-lo e depois resgatado pelo mais improvável homem – o bom samaritano – ela passou a ler mais a Bíblia.

"Normalmente eu ia para a igreja, mas isso era uma espécie de hábito. Eu ia para a igreja, mas não estava tão interessada na Bíblia, embora eu tivesse uma", disse. "Mas desde que comecei com o programa do Bom Samaritano, a Bíblia tornou-se mais interessante”, contou.

"Eu comecei a ler mais a Bíblia. Nos últimos quatro anos, minha vida realmente mudou por causa disso. Agora falo com todos os meus vizinhos, sejam eles quem for", ressaltou Sylvie.

Na prática

E dentro do grupo do Bom Samaritano, a igreja teve a oportunidade de pôr em prática a lição da história.

"Lá, um dos meninos tem muitos problemas, porque infelizmente seu pai não cuida dele e sua mãe tem que fazer tudo e é muito difícil para eles. Às vezes eles vêm para a igreja porque estão morrendo de fome e por isso nós ajudamos com comida”, contou.

Num país pobre, que se recupera do conflito, onde as tensões correm de forma violenta e as pessoas têm dificuldade em confiar umas nas outras, a parábola do Bom Samaritano tem uma importância impressionante. Sylvie diz: "Antes, se você não me ajudasse, eu não iria ajudar você. Mas eu comecei a dizer que eu deveria ajudar as pessoas, independentemente do que eu vou receber em troca”, finalizou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Candelabro e óleo para o Terceiro Templo estão prontos, anuncia Sinédrio

Posted: 21 Nov 2016 06:55 AM PST

Candelabro e óleo para o Terceiro Templo estão prontos, anuncia Sinédrio

O óleo e a menorá (candelabro de sete braços) foram cuidadosamente preparados pelo Sinédrio para fazerem parte do Terceiro Templo, local que os judeus aguardam para ser construído em Jerusalém. A menorá será acesa pelo óleo durante o Chanucá, festa judaica também conhecida como o Festival das Luzes, que começa no dia 24 de dezembro.

"O óleo está pronto, por isso, se o governo decidir permitir, nós estaremos prontos para ir até o Monte do Templo e acender a menorá", disse o rabino Yaakov Savir, nomeado pelo Sinédrio para supervisionar o processo de produção do óleo.

Segundo Yaakov, o ato de acender a menorá é considerado uma oferta a Deus. "O óleo é queimado como um sacrifício animal e é considerado uma das ofertas diárias do Templo", explicou o rabino ao site Breaking Israel News.

Curiosamente, o Templo físico não é necessário para cumprir o mandamento de acender a menorá. Diante dos atuais conflitos que envolvem o Monte do Templo, seria difícil realizar este tipo de ritual no local, que atualmente proíbe qualquer tipo de oração judaica. No entanto, o Sinédrio continua esperançoso.

"Nós podemos fazer esta parte do ritual no Monte do Templo, sem a construção de um templo. Estamos preparando o óleo agora para que, se a situação mudar, possamos estar prontos para executar este mitzvah (mandamento da Torá)", disse o rabino Yaakov.

De acordo com a Torá, a menorá do Templo deve ser produzida com ouro. Na ausência deste tipo de candelabro, o objeto feito com qualquer tipo de metal também é permitido dentro do Templo.

No entanto, o óleo será aceso na noite de sexta do Chanucá, no dia 29 de dezembro, com a réplica da menorá em madeira. A cerimônia acontecerá em Jerusalém; nela os cohanim (homens da linhagem sacerdotal) estarão vestidos com seus trajes sacerdotais e acenderão o óleo, conforme seus antepassados fizeram no Templo.

Produção do óleo

Orientado pela Bíblia, o processo de produção do óleo é complicado e levou alguns anos, relata o rabino Yaakov. "A Torá especifica que as azeitonas devem ser trituradas. Nenhum outro meio de extrair o óleo é permitido pela Torá", explicou.


Homens da linhagem sacerdotal em reconstituição ao ritual Páscoa. (Foto: Instituto do Templo)

"Depois de bater as azeitonas individualmente, elas são colocadas em descanso por vários dias, sem qualquer pressão, para que o óleo possa escorrer para fora delas. O rendimento é muito baixo, apenas cerca de 2%, mas a qualidade, medida pela acidez do óleo, é muito superior a qualquer outro método", Yaakov observa.

Na última quarta-feira (16), auxiliado por um grupo de voluntários, o rabino preparou 20 quilos de azeitonas, que deve produzir um pouco mais dois quartos e meio de óleo.

"O Templo será reconstruído. Pode acontecer mais cedo ou mais tarde, mas as pessoas estão cada vez mais conscientes do Templo, estudando sobre isso, e o número de visitantes ao Monte do Templo está aumentando rapidamente. É inevitável que a vontade do povo, o seu desejo de construir o Templo, se torne uma realidade", disse Yaakov,

Quando isso acontecer, a menorá e seu óleo estarão prontos.

Significado profético

O Monte do Templo é um local sagrado para muçulmanos, cristãos e judeus, sendo também um dos locais mais disputados do mundo. Neste local foi construído o Primeiro Templo pelo Rei Salomão, posteriormente destruído em 586 a.C.

Anos depois foi reconstruído o Segundo Templo, que voltou a ser destruído em 70 d.C. pelos romanos — com a exceção do muro ocidental, conhecido como Muro das Lamentações.

A Bíblia aponta que o Terceiro Templo existirá durante a Grande Tribulação. Daniel se refere a este templo quando diz que "o príncipe que há de vir" (Anticristo) irá cessar os sacrifícios no local em meio à Tribulação (Daniel 9:27). De acordo com o apóstolo Paulo, o "homem do pecado" se assentará no templo como se ele fosse Deus (2 Tessalonicenses 2:3-4).

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Estudantes evangelizam crianças carentes e são confrontados por ateus, nos EUA

Posted: 21 Nov 2016 05:47 AM PST

Estudantes evangelizam crianças carentes e são confrontados por ateus, nos EUA

Um grupo evangélico de ajuda humanitária está mais uma vez realizando sua campanha anual de Natal para ajudar crianças pobres em todo o mundo. O motivo é nobre, mas uma organização de ateus está se opondo à ação.

O grupo cristão Samaritan's Purse, com sede na Carolina do Norte (EUA) está realizando novamente o projeto chamado "Operação de Natal: Criança", onde voluntários coletam presentes, itens de higiene e literatura cristã para serem distribuídos em caixas de sapatos para crianças menos favorecidas. Mas, a Associação Humanista Americana (AHA) está questionando a ação do grupo e levou suas queixas para um tribunal federal em Denver.

A AHA quer impedir que os alunos das escolas públicas do Colorado façam os presentes com folhetos evangelísticos, alegando que a ação viola a separação entre igreja e estado. "Isso não é como uma distribuição de sopas, onde mesmo que seja feito por uma igreja, não há proselitismo", disse Monica Miller, consultora jurídica da AHA.

"A ‘Operação de Natal: Criança’ coloca folhetos religiosos nas caixas no momento em que elas estão sendo montadas. O distrito escolar não pode se alinhar com qualquer organização religiosa", ressaltou.

Persistência

No entanto, os voluntários cristãos que ajudam a organização não se deixaram convencer pelo processo judicial apresentado pela AHA. Susan Frazier, membro da Primeira Igreja Batista em Rocky Mount, está animada para ajudar a Samaritan's Purse que por sua vez está se esforçando para ajudar as crianças em necessidade.

"Eu fui educadora por 30 anos e tenho um coração voltado para as crianças", disse Susan ao site The Rocky Mount Telegram. "Eu vejo isso como uma maneira de espalhar o evangelho pelo mundo através de uma caixa de sapatos", pontuou.

Já Pam Edwards, que é da Igreja Batista Englewood, compartilha que fazer trabalhos voluntários para a equipe da Samaritan's Purse se tornou sua maneira de ajudar outras pessoas, depois que ela sobreviveu a um câncer de pulmão no estágio quatro.

"Nunca tive tempo de fazer um voluntariado antes, mas comecei a procurar oportunidades depois da minha recuperação. Sinto que fui abençoada e tive a oportunidade de retribuir", disse Pam ao The Rocky Mount Telegram.

"Meu coração chora ao saber que existem crianças neste mundo que não conhecem Cristo e não têm nada. Eu sinto como se este fosse um ministério especial para alcançar pessoas que ainda não conhecem o evangelho", finalizou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

0 comentários: